21 2529-6928
21 2103-1500

Varizes sinalizam problemas de circulação



Em casos extremos, condição pode danificar veias que levam sangue ao coração

Dores nas pernas, inchaço, vermelhidão, sensação de formigamento e queimação são alguns dos alertas do corpo que antecedem o aparecimento de vasinhos vermelhos ou azuis nas pernas. Além do inconveniente estético, o surgimento deles sinalizam que a sua saúde precisa de atenção. Estes sinais são altamente sugestivos de insuficiência venosa crônica, ou seja, varizes dos membros inferiores. Este tipo de problemas vascular nas pernas indica que você deve dar um pouco mais de atenção aos sintomas sob o risco de complicações que, em casos extremos, podem danificar veias que leva sangue com impurezas ao coração e aos pulmões.


• Identifique o problema

As varizes são dilatações de veias superficiais dos membros inferiores que alteram o fluxo e direção da corrente sanguínea. De acordo com o cirurgião vascular Ricardo Aun, elas podem provocar úlceras e até trombose (entupimento das veias). Já os vasinhos são pequenas vênulas dilatadas vermelhas que aparecem nas pernas e outras regiões do corpo. Geralmente, o problema é hereditário e atinge mais mulheres do que homens.

No entanto, fatores como obesidade, sedentarismo, permanecer muito tempo em pé ou sentado, fazer força excessiva, e até mesmo o uso de roupas apertadas que dificultam a circulação potencializam e agravam a situação. "O sangue que corre pelas artérias tem a função de alimentar as nossas células, os músculos e outros órgãos do corpo. No entanto, as veias fazem o caminho contrário, trazendo o sangue com impurezas até o coração e pulmões, onde ele é novamente oxigenado. O surgimento de problemas venosos indica que o sangue começa a se acumular nas pernas. Por isso é tão importante cuidar da saúde delas e evitar problemas nas veias", explica o especialista.

O alerta médico deve ser considerado para evitar complicações graves. "Os problemas arteriais podem provocar, por exemplo, entupimento de um vaso que irriga o cérebro e o paciente sofrer um derrame ou um acidente vascular cerebral (AVC). Se houver uma obstrução da artéria que irriga o coração, o paciente pode sofrer um infarto", alerta o cirurgião. Os principais fatores de risco responsáveis pelo estreitamento das artérias incluem estresse, o tabagismo, altos níveis de colesterol e triglicérides, hipertensão, diabetes e consumo de álcool.


• Como prevenir

O mais recomendado para prevenir o surgimento e o agravamento das varizes é prestar atenção nos fatores que favorecem o seu aparecimento. Mesmo que a hereditariedade seja fator relevante, alguns cuidados ajudam a retardar e até mesmo estagnar o surgimento delas.

Começar com a inclusão de atividades físicas leves e que não exijam do corpo esforços pesados pode ser uma delas, assim como o uso de meias elásticas. Outra medida preventiva é manter o peso sob controle. Consultar um médico é um cuidado básico que também não deve ser esquecido e muito menos dispensado. Em casos graves, elas podem ser tratadas com cirurgia.


Fonte: Minha Vida



Gostou ? Compartilhe !



VOLTAR