21 2529-6928
21 2103-1500

Emagrecendo com Saúde


Dra Luciana Spina

A obesidade é uma doença crônica, que pode causar vários outros problemas de saúde. Como exemplo podemos citar o diabetes mellitus, alteração dos níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue, hipertensão arterial, problemas respiratórios como a apnéia do sono, problemas osteoarticulares, digestivos e até aumento na incidência de alguns tipos de câncer. A obesidade aumenta o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares como infarto e acidente vascular cerebral (AVC), causada pelas alterações metabólicas e inflamatórias provocadas principalmente pelo excesso da gordura visceral. A obesidade também contribui para a perda da autoestima, depressão, ansiedade e isolamento social.

Como combater esse mal? O médico é fundamental para no tratamento da obesidade, pois somente com a avaliaçao clínica e realizaçao de exames laboratoriais poderemos rastrear e tratar as doencas coexistentes e escolher a melhor conduta terapeutica para cada caso.
Uma dieta traz sempre uma mudança nos hábitos alimentares. Seja por característica da própria abordagem de perda de peso, seja pelo metabolismo de cada um, podem ocorrer efeitos colaterais, com os quais poderá ser preciso lidar, para continuar o tratamento ou interrompê-lo, no sentido de não colocar a saúde do paciente em risco.

Ao se prescrever um plano terapêutico, o médico precisa estar atento as possíveis intercorrências clinicas que podem ocorrer durante o processo de emagrecimento, visando preservar a saúde do paciente. Exemplo, dietas muitos restritivas quando realizadas por muito tempo, sem reposição adequada de vitaminas e minerais podem causar anemia e deficiência de nutrientes que causam queda de cabelo, prisão de ventre, tonteiras e câimbras.
Por isso a necessidade de acompanhamento médico, realização de exames e suplementação de vitaminas e minerais, com intuito de promover perda de peso eficaz sem prejuízo a saúde dos pacientes. Métodos de emagrecimento mais atuais, baseados em dietas Proteinadas são exemplos de uma metodologia eficaz e segura no combate a obesidade.

O acompanhamento a longo prazo é fundamental para evitar reganho de peso. Há necessidade de uma adaptação metabólica do organismo após a perda acentuada de peso, quando normalmente existe uma queda do metabolismo. Nessa fase então as calorias devem ser introduzidas progressivamente. Devemos aproveitar esse período para trabalhar conceitos de mudança de estilo de vida com incorporação de uma alimentação saudável em conjunto com prática regular de atividade física. Esses pontos são fundamentais para o sucesso a longo prazo.

O médico pode solicitar o suporte de uma equipe multidisciplinar, com nutricionista, professor de educação física, e coaching emocional, que juntos vão trabalhar de acordo com o perfil de cada paciente. O trabalho em conjunto por diversos profissionais irão somar os esforços para uma abordagem mais integral ao paciente, propiciando ajuda na etapa de emagrecimento e cuidando para o resultado ser mantido a longo prazo.


--
Dra Luciana Spina
Endocrinologista- Doutorado pela UFRJ
Programa de Diabetes e Hipertensão da SMSDC-RJ



Gostou ? Compartilhe !



VOLTAR