21 2529-6928
21 2103-1500

Apnéia Obstrutiva do Sono na Obesidade




Normalmente, quando se dorme, os músculos que controlam a língua e o palato mole mantêm as vias aéreas abertas. Se esses músculos relaxam, as vias aéreas se estreitam, causando os roncos e dificuldades na respiração. Se esses músculos relaxam demais, as vias aéreas ficam completamente obstruídas, impedindo a respiração. É a isso que se chama Apnéia Obstrutiva do Sono. Essa condição é muito comum de acontecer nos Obesos.

Depois de um período de tempo, entre dez segundos e dois minutos, o cérebro percebe que falta oxigênio e avisa ao corpo para que acorde. Mesmo sem se dar conta, a pessoa acorda várias vezes por noite. Algumas vezes este ciclo pode acontecer várias centenas de vezes durante a noite, interrompendo seriamente o sono.

Para saber se alguém sofre de Apnéia do sono basta escutar a pessoa enquanto dorme. Se ouvirá roncos seguidos de um período de silêncio. Em seguida, pode ocorrer um sopro forte ou uma respiração ofegante e a pessoa volta a respirar novamente.

Os sintomas da Apnéia Obstrutiva do Sono são sonolência excessiva e cansaço durante o dia. Pode ocorrer que durmam no trabalho, quando dirigem um automóvel, quando estão conversando, quando lêem ou quando assistem televisão. A maioria têm ronco forte. Os roncos são freqüentemente interrompidos por silêncio e seguidos de uma respiração ofegante. É muito comum a irritabilidade. Devido à falta de sono e ao estresse de tentar continuar vivendo uma vida normal, as pessoas ficam, freqüentemente, muito irritáveis.

Entre as outras conseqüências mais são depressão, hipertensão, doenças graves do coração, problemas sexuais, perda de memória, deterioração intelectual e dores de cabeça pela manhã.
O tratamento principal da apnéia do sono nos pacientes obesos é a perda de peso. Procure seu médico e converse sobre isso. A Saúde é nosso bem mais precioso!

--
Dra Luciana Spina
Endocrinologista- Doutorado pela UFRJ
Programa de Diabetes e Hipertensão da SMSDC-RJ



Gostou ? Compartilhe !



VOLTAR